Como organizar a vida financeira

Você sabia que também é possível fazer uma economia extra cortando alguns gastos e organizando sua vida financeira? Hoje vamos dar algumas dicas de como organizar a vida financeira mesmo em tempos de crise e de acordo com o que você ganha. Quem vai nos ajudar com as dicas é a educadora financeira Carol Stange.


Segundo ela, o primeiro passo para organizar suas finanças é anotar. Encontre uma ferramenta que ajude você a não sair dos trilhos. “Utilize um caderno, uma planilha de gastos ou um aplicativo, porque o que importa aqui é que seja escolhida uma ferramenta que funcione”, explica Carol. Para ela, não há organização financeira que sobreviva sem um controle financeiro.


Quanto eu devo economizar?


A Carol Stange dá a dica de que é preciso conhecer sua remuneração líquida. Pois nos apegamos aos valores brutos de remuneração e esquecemos que, na verdade, não entra tanto dinheiro assim no nosso bolso no final do mês. “Talvez você fique surpreso agora, mas, em geral, de 20% a 30% da sua renda acabam sendo destinados ao pagamento do aluguel e 20% a outros serviços, como energia elétrica, gás e água. Essas  despesas podem consumir quase metade da sua receita líquida”, explica. Além do gasto com o aluguel, você precisa calcular também outras despesas mensais, como supermercado e refeições fora, contas de telefone celular e de internet. Tente separar cerca de 30% do seu orçamento para elas.


E para finalizar, para a sua reserva financeira, guarde pelo menos 10% de sua receita. “Essa reserva financeira (também chamada de reserva de emergência) será extremamente útil, pois é ela que não permite que você se endivide por imprevistos relacionados à moradia, problemas de saúde ou demissões inesperadas”, explica a educadora. Outra finalidade: ela pode servir para sanar algum imprevisto ou até mesmo para realizar aquele sonho tão almejado.


O que devo fazer?


O ideal é fazer um planejamento financeiro (destinar os gastos a itens essenciais), definir seus objetivos (o que deseja comprar e o que precisa) e aprender a economizar conhecendo bem suas despesas diárias e mensais. Também deixe algo para o lazer ou para comprar algo de que goste e se sinta feliz, sem que pese demais no seu orçamento. Além disso, anote tudo que for gastar para poder avaliar e sempre acompanhar seu orçamento e juntar o dinheiro que conseguir.


Vamos aprender outras dicas práticas? Confira abaixo!


  1. Planeje seu orçamento e o mantenha equilibrado 


Caneta e papel em mãos. Faça um planejamento do que deseja comprar. O que é necessidade diária e mensal. Distribua um valor certo para as despesas, como as contas de aluguel, água, luz, telefone, etc., que são descontadas mensalmente. 


Para que você esteja sempre no azul, o ideal é separar o dinheiro das despesas fixas, assim você já tem uma ideia de quanto sobra. Faça isso depois com o dinheiro que deseja gastar com lazer ou investir. 


Além disso, não permita que a soma dos seus gastos com cartão, despesas mensais, etc. sejam maiores que a sua renda. Assim, você evita ficar negativado.


  1. Estabeleça prioridades e objetivos


Todos temos sonhos a realizar: uma viagem que deseja fazer com a família ou, por exemplo, a compra de algum item que deseja. Mas antes de tudo isso, você precisa ver o que é prioridade para o momento e quais são seus objetivos financeiros.


Trace os objetivos que deseja alcançar. É comprar um carro ou a casa própria? Veja quanto consegue guardar por mês para a realização desse sonho e quanto tempo será necessário. Segundo Carol, não podemos confundir sonhos com metas e objetivos. “Transformar nossos sonhos em algo factível e mensurável é o que garantirá a realização deles”, destaca. 


Confira este exemplo da educadora financeira:


Sonho: viajar

Objetivo: conhecer a praia “xyz” que fica no litoral de São Paulo, no

mês de fevereiro de 2021.

Meta: poupar R$ 300,00 por mês pelos próximos 10 meses.


E assim você deve seguir esse raciocínio com os demais sonhos. Com o objetivo certo é possível realizá-los. “Transformar seu sonho em dados é a melhor forma de transformá-los em realidade”, incentiva Carol Stange.


  1. Crie listas para tudo que for comprar


Ao criar listas de compras para tudo, você tende a economizar mais. Imagine a seguinte situação: você vai ao supermercado sem lista e traz para casa mais do que necessário. Isso é bem comum! Então, sair para fazer compras sem uma lista é abrir caminho para gastos extras ou desnecessários. Carol sugere que você crie listas para tudo, sem medo. Supermercado, shopping, farmácia, padaria, etc. Faça isso e ao final será recompensado com uma boa economia.


  1. Espere um pouco antes de comprar


Outra dica infalível é avaliar a compra desejada. A educadora sugere que você espere três dias antes de comprar. Segundo ela, é um bom prazo para que você possa avaliar com calma se essa compra é necessária e se as condições realmente são vantajosas. 


Se após esse período você perceber que realmente vale a pena, vá às compras. Outra dica é usar a técnica das Perguntas de Ouro. São elas:


1. Eu realmente quero isso?

2. Eu realmente preciso disso?

3. Eu realmente posso comprar isso?

4. Eu devo comprar isso?


Sem a emoção do momento, você consegue perceber se está cumprindo suas metas e objetivos para sobrar um dinheirinho. Lembre-se sempre de por que decidiu guardar dinheiro!


Aplicativos para finanças pessoais


Uma dica importante para organizar suas finanças é utilizar algum aplicativo específico. Os aplicativos Mobills e Minhas Economias são os preferidos para organizar a vida financeira. Ambos para download em iOS e Android. 


Todos são gratuitos e possuem também a opção premium com mais vantagens. O Mobills, por exemplo, é ótimo para organizar em categorias as suas despesas, com gráficos para saber onde está gastando mais e também você pode acompanhar notícias sobre finanças e criar metas. Além disso, você pode cadastrar seus cartões de crédito para não esquecer nenhum gasto. Faça download aqui: iOS | Android


O Minhas Economias também é ótimo para fazer planejamentos, traçar metas e gerar gráficos de gastos. Assim como o Mobills, ajuda você a organizar suas despesas em categorias para o gerenciamento e planejamento financeiro das suas contas, cartões de créditos, financiamentos etc. Faça download aqui: iOS | Android


Gostou das dicas da educadora financeira Carol Stange? Se quiser saber mais assista à live do dia 03/02/21 em nosso Instagram. Lá ela nos dá essas e outras dicas para melhorar nossa vida nas finanças!


Se quiser conhecer mais a Döhler e encontrar produtos que caibam no seu orçamento, confira nosso site. Sempre temos promoções!


Também estamos perto de você! Para encontrar nossas peças próximo de onde você mora, pesquise em Döhler pertinho de mim. Se preferir, compre sem sair de casa em www.casadohler.com.br.



Avaliação: Responda de 1 a 5, o quão este conteúdo foi útil para você?

Find Döhler’s products

Do you love our products for bed, table and bath and would like to know where to purchase them?
Search and find out on the map where to find them in the shops closest to you.

Would you also like Döhler to be part of your life?
We have several representatives throughout Brazil. Contact one of them and sell our products in your store as well.